+55 (41) 3222-7613 sucesu@www.prsucesu.org.br

O gestor de TIC ao longo do tempo vem se atualizando e atravessando com louvor os diversos ciclos vividos pela tecnologia do mundo corporativo. Isso significa que esses profissionais têm vendido bem sua importância para as companhias onde entregam seu suor. 

 

SUCESU Paraná News, por Fernando Misato.

Necessariamente, somos todos vendedores e estamos sempre vendendo algo. Essa afirmação poucos ousam contrariar. Quer seja em uma entrevista de emprego ou na hora de negociar uma simples lista de prioridades, o gestor de TI não foge da regra e precisa ser Vendedor.

A Tecnologia da Informação esteve sempre no centro do plano estratégico e da sobrevivência operacional do mundo dos negócios. A TI é essencial para todos os setores. Fundamental para manter as operações das empresas. Importantíssimo para as previsões e planejamento da sobrevivência. Muito requisitado para os projetos de inovação. E nesse momento, está integrado com as exigências para a Segurança da Informação. Além disso, é peça fundamental para a transformação do Marketing, que cada vez mais é Digital.

Quando os CPDs e o desenvolvimento interno imperavam, as principais soluções operacionais e gerenciais estavam sob a responsabilidade dos analistas e programadores. Lá estavam esses profissionais desenvolvendo e quebrando a cabeça para criar sistemas personalizados e sob medida para cada empresa.

Quando os ERPs iniciaram seu ciclo, os Gerentes de Informática também precisaram se reinventar. Deixam de ser os gestores dos sistemas, onde a tecnologia de desenvolvimento é praticamente a atividade fim, e passam a usar TI como ferramenta de gestão. Os ERPs revolucionaram o mundo corporativo da época. A inteligência de negócio dos profissionais de TI teve fundamental participação na transferência de conhecimento para que as ferramentas fossem configuradas adequadamente.

Não por acaso, muitos dos grandes fabricantes de softwares de gestão de hoje possuem em sua concepção empreendedora os profissionais que desenvolviam sistemas especialistas das empresas. Outra vez os Gestores de TI dando exemplo de capacidade de vender e principalmente de empreendedorismo.

Os ciclos passam. Os nomes da função também. Se antes Gerente de CPD ou de Informática, igualmente no passado ainda sentimos que esses bravos de TI deveriam ser melhor valorizados. Considerando o conhecimento que detém, precisam ser vistos por outros olhos. Conhecem a vida operacional como ninguém. Vivem intensamente as projeções junto com os principais executivos. Resolvem problemas urgentes da operação. Os CIOs ainda colaboram na análise de erros do passado para corrigi-los no futuro. Em cada novo ciclo, além de atualizar-se no seu conhecimento técnico e gerencial, também vem se atualizando na arte de vender sua própria importância.

Os CIOs seguem no centro das soluções, planejamento e decisões estratégias das companhias. Seguem com sua importância justamente por administrar um dos principais ativos. A informação é o maior patrimônio de todos os negócios. Essa constatação cresce, inegavelmente.

Por tudo isso, as associações de CIOs têm procurado incentivar para que seus membros venham vender seu conhecimento em palestras e reuniões com a comunidade de TIC. Compartilhar conhecimento é uma forma elegante de mostrar suas riquezas e conquistas. Esses grupos/associações estão alinhados nacionalmente por meio das redes sociais. Entendemos ser uma grande vitrine esse exercício de aparecer.  Uns adoram essas oportunidades. Uns se consideram introvertidos e pouco afeitos a essas aparições.  Insistimos. Mesmos essas sinceridades técnicas podem vender melhor do que grandes produções. Importante é mostrar que o trabalho trouxe resultado.

Os Head Hunters e os Diretores Financeiros adoram conhecer nas redes sociais profissionais que geram resultados para suas companhias. Quer seja para mostrar ao mundo ou para seu próprio time, o CIO segue precisando ser vendedor e atualizado. O tempo já provou que esse profissional sabe vender. O mercado esta em um novo ciclo. A vitrine esta aberta. “Olha um CIO madurinho ai, Gente!”. Vamos usá-la com entusiasmo.

 

 Fernando Misato é Diretor Comercial da SUCESU Paraná, empresário e articulador para desenvolvimento de networking entre os profissionais de TIC.

 

 

Share This